Blog – Fisioterapia Humberto

Ola pessoal, este post é para agradecer os comentários sobre as fichas de estudo Bupah que o Fisioterapeuta Humberto fez em seu blog Fisioterapia Humberto, ele que possui um excelente blog, com um vasto material científico e que vale a pena conferir..

aproveito para deixar a dica principalmente para os fisioterapeutas tanto formados como estudantes – no blog fisioterapiahumberto.blogspot.com você encontra:

– Artigos Traduzidos,
– Artigos científicos,
– Fisioterapia Neurologica, Ortopédica, Pediátrica, Pneumo-Funcional, Mobilização Neural, etc..

além de…

39 títulos de ebooks de fisioterapia,
19 títulos de ebooks de fisioterapia repiratória,
13 títulos de ebooks de anatomia,
8  títulos de ebooks de fisiologia,
9  títulos de ebooks de radiologia,
15 títulos de ebooks variados

Resumindo – ótima referência para quem gosta de estudar


Abaixo um trecho de uma entrevista ao blog Mobilidade Funcional:

 

– Blog mobilidade funcional.: O que você acha do crescimento da fisioterapia nos últimos anos, e como o atual modelo de formação profissional pode influenciar daqui para frente?

– Resposta Humberto .: Eu acho que de dez anos pra cá a fisioterapia deu um salto em relação ao conhecimento técnico e científico. Chegaram ao Brasil cursos como Maitland, Mulligan, Bad Ragaz, Mobilização Neural, isso sem falar nas escolas de osteopatia. Os cursos tradicionais como PNF e Bobath estão um pouco mais acessíveis, financeiramente falando, e a fisioterapia respiratória ganhou mais notoriedade e credibilidade graças à pesquisas sérias.Creio que uma boa parte dos fisioterapeutas estão se formando com uma visão mais crítica. Estamos saindo da pré-história da fisioterapia, onde a regra era apenas: “alongar o que está encurtado e fortalecer o que está fraco”.Naturalmente nem tudo são flores. Eu acho sofrível a quantidade enorme de faculdades de fisioterapia. Algumas muito ruins, formando, ou melhor, deformando trocentos fisioterapeutas a cada semestre e lançando-os no mercado de trabalho. Assim, cria-se um círculo vicioso onde se tem muita gente precisando trabalhar, poucas vagas de emprego e um salário baixo devido tanto ao despreparo técnico quanto à grande oferta de mão de obra barata. Acho que neste sentido deveria haver uma prova de aptidões mínimas no estilo da OAB pelo menos para forçar as faculdades a melhorar o ensino (foi o que o “provão” do MEC conseguiu por algum tempo). O pior de tudo é que este problema é sistêmico, e várias outras categorias, e não só da área biomédica, sofrem com este mesmo problema.

 

    • rosalia firmino da silva
    • 18 de Janeiro, 2012

    o blog do humberto tem me ajudado sempre m pesquisas e duvidas frequentes.
    é otimo obrigada humberto

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: